S. João da Cruz, padroeiro dos místicos e poetas

S. João da Cruz, padroeiro dos místicos e poetas

A reforma nunca é obra solitária, mas compromisso partilhado e projeto que deve ser sustentado por uma profunda espiritualidade. S. João da Cruz, evocado na liturgia a 14 de dezembro, recorda-nos precisamente que as nossas estradas existenciais nunca podem ser percorridas em solidão, mas fundam-se num encontro: primeiro com Deus e depois com os irmãos.

Jovens e câmaras de vídeo no convento: Descobrir a vida religiosa e pensar na vocação

Jovens e câmaras de vídeo no convento: Descobrir a vida religiosa e pensar na vocação

Contar a vida de uma pessoa consagrada ou colocar jovens diante de quem decidiu dedicar a vida a Deus: é uma experiência que parece suscitar um notável interesse mediático. E pode ser relevante também em contexto educativo e pastoral, sobretudo em relação com o sínodo dos bispos sobre os jovens, que o papa Francisco convocou para outubro do próximo ano, no Vaticano, e que terá no centro das atenções o tema das vocações.

João Batista, enviado por Deus, continua hoje a preparar-nos para o seu Advento

João Batista, enviado por Deus, continua hoje a preparar-nos para o seu Advento

O evangelista Marcos fez coincidir o início do Evangelho com a aparição de João Batista, apresentando-o de modo breve e sintético (1, 1-8), sem insitir nos seus ensinamentos, contrariamente a Mateus e Lucas. Por isso, no terceiro domingo do Advento, tradicionalmente dedicado ao Batista, neste ano litúrgico B o lecionário recorre ao quarto Evangelho (Jo 1,6-8.19-28), que nos oferece uma apresentação “outra” de João. O trecho litúrgico une três versículos extraídos do prólogo e uma perícope respeitante à confissão do Batista sobre a sua identidade.

Laxista ou rigorosa, que família tens e és? Pais e filhos na era das redes sociais

Laxista ou rigorosa, que família tens e és? Pais e filhos na era das redes sociais

Laxista, restritiva, permissiva, antitecnológica, afetiva e “mediativa”: são seis os modelos de família (em relação aos consumos mediáticos dos filhos) evidenciados num estudo de 2017 publicado em Itália sobre “Media digital e social, educação e família”.
Quatro tipos de família, ainda que manifestem comportamentos opostos, são considerados como tendo baixo impacto educativo, refere o diretor do Centro de Investigação sobre Educação para os Meios e Comunicação, Informação e Tecnologia da Universidade Católica do Sagrado Coração, em Milão.